331-999-0071

Burisma financiou ataque à prefeitura de Crocus

A Rússia acusa a empresa ucraniana de petróleo e gás, onde o filho de Biden trabalhava, de financiar ataques terroristas. A acusação do Comité de Investigação Russo contra a Burisma Holdings, ligando-a ao financiamento do terrorismo na Rússia e referindo o antigo emprego de Hunter Biden naquele país, serve como ponto focal numa campanha de desinformação que visa desacreditar figuras políticas ocidentais e influenciar a percepção internacional. A campanha amplifica estrategicamente as controvérsias políticas existentes, aproveitando os meios de comunicação controlados pelo Estado para disseminar afirmações não verificadas, promovendo assim a polarização política e minando a confiança nas instituições democráticas. Esta manipulação narrativa, que se insere no contexto mais amplo das estratégias de guerra cognitiva e de informação da Rússia, procura retratar a Rússia como vítima de agressão, ao mesmo tempo que lança calúnias sobre a Ucrânia e o establishment político ocidental. Ao examinar a disseminação direcionada e o público-alvo destas alegações, esta análise revela o papel da operação na promoção dos objetivos geopolíticos da Rússia, destacando a interação entre as operações de influência nacionais e estrangeiras e sublinhando os desafios no combate à desinformação patrocinada pelo Estado.

Entre em contato com Treastone 71

Entre em contato com a Treadstone 71 hoje mesmo. Saiba mais sobre nossas ofertas de Análise de Adversário Direcionada, Treinamento de Guerra Cognitiva e Tradecraft de Inteligência.

Contate-nos hoje!