331-999-0071

Vigilância e controle estatal no Irã Censura cibernética e operações psicológicas

Censura Cibernética e Operações Psicológicas

Nosso resumo examina o uso da vigilância digital e da censura pelo governo iraniano como instrumentos de controle estatal, concentrando-se nas ações recentes da Organização de Informação Faraja. Uma análise dos anúncios oficiais e de uma notificação fabricada do Telegram sugere que o regime emprega uma combinação de ação direta, como detenções e bloqueio de conteúdos, e táticas psicológicas para suprimir a dissidência e regular a moralidade pública. O resumo emprega métodos de análise de inteligência para compreender as implicações destas ações no contexto de supressão, opressão, censura e potenciais tendências fascistas. A fusão da autoridade religiosa com o poder do Estado, a aplicação agressiva das normas morais e a representação da influência ocidental como uma força corruptora são indicativos de uma estratégia mais ampla de controlo social. Ao promover uma cultura de medo e autocensura, o governo iraniano reforça a sua capacidade de controlar a narrativa e manter a ordem social em alinhamento com os seus preceitos ideológicos.

Entre em contato com Treastone 71

Entre em contato com a Treadstone 71 hoje mesmo. Saiba mais sobre nossas ofertas de Análise de Adversário Direcionada, Treinamento de Guerra Cognitiva e Tradecraft de Inteligência.

Contate-nos hoje!